quinta-feira, 12 de setembro de 2013

"Pequenino" Milagre de Deus


Não que algumas mulheres não passem ou tenham já passado por isso, mas, nada como o aperto no peito de uma mãe ouvir que sua gravidez é de risco e que seu bebê pode nascer prematuro. E um bebê nascido pré-termo pode ter inúmeros problemas de saúde e até mesmo, dependendo da semana de nascimento, pode não sobreviver.

Pois bem, quando estava na 22ª semana de gestação, ou seja, com cinco meses e meio, esta foi a minha realidade. Por um problema no útero eu poderia ter um parto prematuro. Aliás, já estava com dilatação. Imagina um bebê com 465 gramas vir ao mundo naquele momento! Seus órgãos, ainda imaturos, estavam se desenvolvendo. Tamanha aflição tomou conta de meu coração naquele momento do anúncio da obstetra.

Só uma mãe consegue entender a dor que assombrou meu coração. Há tempos sonhava com a maternidade e, naquele momento, aquele ponto de interrogação, doeu profundamente. Veio a cirurgia de emergência e depois o repouso absoluto. Foram exatos três meses e oito dias deitada na minha cama em meu quarto. Nem à missa eu ia. Recebia a Sagrada Eucaristia em casa, aos domingos.

E Deus desde o início se fez presente, porque Ele é presente! E aos pouquinhos, de mansinho, Ele foi me acalmando. Mesmo sem saber se conseguiria levar minha gestação até o final, fui tendo o coração confortado dia após dia... E a fé é assim mesmo; confiar naquilo que ainda não se pode ver!

Como consegui sentir a presença de Deus? Na ORAÇÃO!

Passei a rezar o Santo Terço e o Terço da Misericórdia diariamente. Cada vez que rezava o Santo Terço com muita fé, sentia o abraço de Nossa Senhora a me envolver. Nos dias em que eu estava agitada, preocupada, ao final do Santo Terço meu coração descansava e a aflição passava.

E o Terço da Misericórdia fazia-me encontrar intimamente com Cristo, na hora da Sua agonia, da dor na cruz. Ele que sofreu uma dor incomensurável por nós. Colocava-me às 15h em profunda oração, aos pés da Cruz de Cristo e rezava minha intenção com todo fervor e fé. Ele mesmo disse que quem adora-O  e medita Sua Paixão às 15h alcança todas as graças pedidas, pelo Seu Amor.

E assim o fiz constantemente... E os dias foram passando. Cada dia era uma vitória para mim. Cada semana era comemorada. Era uma semana a mais em que meu bebê desenvolveu mais seus órgãos e a capacidade de uma vida extra uterina sem sequelas.

E para honra e glória de Jesus só entrei em real trabalho de parto na 37ª semana de gestação, onde não havia mais risco nenhum para meu filho! Ele já não era mais prematuro! Nossa Senhora, nossa Mãe, intercedeu por nós e Jesus Misericordioso me deu a graça de dar a luz ao meu príncipe em 12/08/2013 às 01h24. A madrugada mais linda e especial das nossas vidas...

Eu jamais teria conseguido sem as Mãos de Deus! Meu príncipe é obra das Mãos do Criador, do Seu desejo para conosco. E eu abraço essa obra de amor e serei eternamente grata ao meu Deus, cuja toda honra e glória são para Ele!

Portanto, jamais perca as esperanças em Deus! Ele também tudo pode em sua vida! Realize o possível, faça o que você pode fazer e deixe que Ele realize o impossível; e Ele fará! Creia! Tome posse da vitória porque ela já é sua!!!

Hoje, com a graça de DEUS, celebramos em nossa família um mês de vida do nosso amado filho. Repleto de saúde e das bênçãos de Deus... Motivo maior das nossas alegrias, das nossas vidas...

E como tudo valeu a pena. Cada dia, cada dor física e na alma. Cada oração; cada choro; cada dia de calmaria e plena confiança em Deus...

Sentir seu cheirinho, ouvir seu chorinho, propiciar-te o leite que te nutre e alimenta, não tem preço neste mundo, meu filho amado...

Obrigada por Tua Obra de Amor, Senhor!
JESUS, EU CONFIO EM VÓS!!!

Amém!!!

(Publicarei as orações do Santo Terço e Terço da Misericórdia posteriormente)

Fernanda Rocha.