segunda-feira, 31 de maio de 2010

Doação



Quantas vezes não guardamos no fundo do armário aquela blusa que achamos linda, mas que pouco usamos?

Já imaginou quantas pessoas aquelas roupas ou sapatos poderiam ser úteis se não estivessem entulhando nossos guarda-roupas?

Nós podemos usá-las vez ou outra, mas, alguém que não tenha muitas roupas e muito menos dinheiro para comprá-las, poderia usá-las constantemente.

Lembro-me de um post em um blog de uma missionária da Canção Nova. Não gostaria de revelar seu nome, pois, não tenho autorização da mesma.

Não sei se sabem, mas, os missionários da Canção Nova não recebem salários e vivem de doações.

Essa missionária necessitava muito de um par de sapatos. E por dias vinha clamando à Deus para que Ele providenciasse um para ela, pois, o dela já não estava bom.

Passado um tempo, uma pessoa da comunidade a chama, pois, tinha algumas peças recebidas de doações e talvez ela pudesse querer alguma. E Deus atendeu seu pedido! Quando ela olhou as doações, econtrou um par de sapatos. E incrivelmente o mesmo era o seu némero! E ela imensamente feliz e grata ficou.

Deus é tremendo! Não podemos duvidar do poder d'Ele!

Mas, devemos ajudá-Lo a realizar sua obra.

Seja levando uma palavra amiga a alguém que precise; doando nosso amor aos fragilizados; levando comida aos que têm fome; doando roupas e sapatos aos que necessitam.

Muitas são as formas, o importante é agir em prol do próximo.

Jesus se faz presente em nossos irmãos.

Nunca me esqueço de duas pessoas que passavam fome e tive a graça de lhes ofertar um pequeno lanche. O olhar de agradecimento daquele menino foi tão profundo, que senti a presença de Deus naquele momento.

Doar é um ato de amor... Se doar ao próximo mais ainda... Doe-se!

Tenha a certeza de que Deus se alegra quando você deixa de olhar para si mesmo e é capaz de olhar para os mais necessitados.


Amém!


Fernanda Rocha

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Historinha - A cor dos Olhos


O ancião descansava sentado em velho banco à sombra de uma árvore, quando foi abordado pelo motorista de um automóvel que estacionou a seu lado:

- Bom dia!

- Bom dia! Respondeu o ancião.

- O senhor mora aqui?

- Sim, há muitos anos...

- Venho de mudança com a minha família e gostaria de saber como é o povo daqui.

Como o senhor vive aqui há tanto tempo deve conhecê-lo muito bem.

- É verdade, falou o ancião.

Mas por favor, me fale antes da cidade de onde vem.

- Ah! É ótima. Maravilhosa!

Gente boa, fraterna... Eu e minha família fizemos lá muitos amigos.

Só a deixei por imperativos da profissão.

- Pois bem, meu filho. Esta cidade é exatamente igual.

Vai gostar daqui.

O forasteiro agradeceu e partiu.

Minutos depois apareceu outro motorista e também se dirigiu ao ancião:

- Estou chegando para morar com minha família aqui.

O que me diz do lugar?

O ancião lançou-lhe a mesma pergunta:

- Como é a cidade de onde vem?

- Horrível! Povo orgulhoso, cheio de preconceitos, arrogante!

Não fiz um único amigo naquele lugar horroroso!

- Sinto muito, meu filho, pois aqui você encontrará o mesmo ambiente...


Todos vemos no mundo, nas pessoas e na família algo do que somos, do que pensamos, de nossa maneira de ser.

Se somos nervosos, agressivos ou pessimistas, veremos tudo pela ótica de nossas tendências, imaginando conviver com gente assim.

Em outras palavras, o mundo, a cidade, a família tem a cor que lhe damos através das nossas lentes.

Se nossas lentes estão escurecidas pelo pessimismo, tudo à nossa volta nos parecerá escuro.

Tudo, para nós, parecerá constantemente envolto em trevas.

Se nossas lentes estão turvadas pelo desânimo, o universo que nos rodeia se apresenta desesperador.

Mas, se ao contrário, nossas lentes estão clarificadas pelo otimismo, sentiremos que em todas as situações há aspectos positivos.

Se o entusiasmo é o detergente das nossas lentes, perceberemos a vida em variados matizes de luzes e cores.

A cor do mundo, da cidade e da família, portanto, depende da nossa ótica.

O exterior estará sempre refletindo o que levamos no interior!

Que possamos olhar na ótica de Deus e não do mundo!



Amém!

Fernanda Rocha.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Sintonize-se!


Quando você quer ouvir uma música no rádio ou quer assistir televisão, o que você deve fazer?

Sintonizar na rádio que gosta ou então sintonizar a Tv no canal que quer assistir, não é isso?

Você precisa "entrar" na mesma sintonia do programa que quer ouvir ou assistir para que possa desfrutar do prazer de ouvir/ver o que tem vontade.

Assim mesmo acontece na nossa relação com Deus.
Você somente irá ouvir ou sentir a presença de Deus em sua vida, se você estiver sintonizado à Ele.

Onde você tem sintonizado sua vida?
Nos problemas que te circundam? Nas imperfeições desse mundo? Nas desesperanças oferecidas?

Você só vai receber de volta aquilo que vê, que você foca.
Se você está vendo na Tv um programa ruim, que está te irritando, o que deve fazer?
Mudar o canal!!!
Mas, se você não tiver o controle remoto nas mãos e continuar assistindo ao programa, cada vez mais se sentirá mais irritado! Porque continua focando na mesma coisa que te irrita!

Então, porque buscar respostas nas situações que o mundo oferece? Por que focar em tantas histórias tristes? Seu retorno será somente esse...

Busque as respostas em Deus! Sintonize-se ao canal da graça que é Jesus!

Deixe que a sintonia entre vocês se fortaleça a cada dia e que Ele se torne um Deus presente em sua vida!
Sinta o amor de Deus nas pequenas manifestações que ocorrem em sua vida, nos pequenos sinais, nos grandes milagres...

Não busque recompensas, não faça barganhas com Ele. Apenas se diponibilize para amá-lo e somente isso. Ame-O com todo seu coração. Deseje que Ele entre em sua vida porque você O ama e O quer perto de ti e dos seus.

Sintonize-se à Jesus e sinta a maravilhosa presença d'Ele em sua vida.

JESUS, a verdadeira paz, a verdadeira felicidade!


Fique na paz!


Amém!

Fernanda Rocha.

terça-feira, 11 de maio de 2010

Direitos Humanos


Como alguém é capaz de tirar a vida de alguém? E pior, capaz de cometer uma chacina!
Assassinar 06 mendigos enquanto dormiam!

Não foi a primeira vez.

Quem não se lembra do índio Galdino que foi queimado vivo enquanto dormia em uma parada de ônibus em Brasília e morreu por sofrer sérias queimaduras em seu corpo?

E quantas crianças morreram na chacina da Candelária no Rio de Janeiro, em 1993?

Não vou me estender a relembrar fatos tristes, pois, o foco não é esse.
O foco é a atitude de alguns seres humanos.
Sinceramente de humanos, nada têm!
Para muitos, o senso de humanidade está falido.


Por que muitos se julgam mais que os outros????


Porque você é pós-doutor significa que você pode menosprezar os que mal sabem ler?!
Se você é rico, pode humilhar, judiar e matar os mendigos?!
Porque você paga por sexo, você pode violentar prostitutas?!


Meu Deus, cadê o senso de humanidade???!!!


Ao ver tudo isso que anda acontecendo ao próximo e não se indignar ou não se comover com a dor do outro, dos necessitados, injustiçados, humilhados; é concordar com o que essas pessoas cruéis andam praticando.

Não quero diminuir o ser humano, não podemos gerenalizar.
O ser humano em sua essência é bom.
Temos que acreditar que existem pessoas maravilhosas que fazem o possível e impossível para iluminar a vida de muitas pessoas com sua luz.

Quantos não levam uma palavra de conforto, se doam aos que sofrem, alimentam a alma e o corpo dos necessitados? Muitos fazem isso, mas, a mídia não se dá ao trabalho de divulgar. E cada um, conta em fazer seu trabalho individualmente, sozinhos, na calada da noite de suas vidas.

Simples e pequenos gestos podem mudar muitas histórias e vidas. Por que não fazer algo?
O jeito que encontrei foi expressar palavras de Amor no meu blog.

Vamos espalhar AMOR e Gentileza nesse mundo tão carente de Deus!

Jesus nos dê força para superar os problemas, humildade para olhar para o próximo e sensibilidade para ajudá-lo.


Ninguém tem o direito de julgar, maltratar, humilhar, machucar e matar o outro.

Nele habita o mesmo Deus que habita em você!
Ou pelo menos que deveria habitar!



Amém!

Fernanda Rocha. 

De volta!!!!


Meus queridos amigos,

 
Estou de volta!
Desejo que possamos compartilhar cada dia mais o amor de Deus entre nós através do blog!


Senhor, obrigada pela viagem, pelos belos momentos e por TUDO que aconteceu, pois, sei que não há uma folha sequer que caia de uma árvore sem o Seu consentimento.


Te Amo JESUS!


Amém!

Fernanda Rocha.

sábado, 1 de maio de 2010

Viajando


Apenas justificando minha ausência nesses últimos dias... Viajando...


Aproveito para compartilhar a bela foto que registrei acima.
Durante o voo, olhando a linda camada branca formada pelas nuvens e o lindo azul do céu...
Tamanha beleza e perfeição!

Momento de reflexão e oração.

Como não visualisar essa imagem e não se emocionar ou duvidar a existência de Deus?
Poderia o homem criar algo tão sublime e perfeito assim? Não!
E muitos ainda, tem a audácia de querer se comparar à Deus e/ou não acreditar n'Ele...

Na medida do possível, irei escrevendo mais posts.


Fiquem com Deus!

Fernanda Rocha.